[RESENHA] PONTO SEM RETORNO - GABRIELA SIMÕES

Título: Ponto Sem Retorno
Autora: Gabriela Simões
Editora: Edições Vieira da Silva
Páginas: 238
Ano da Publicação: 2017
Nota: 4/5

Sinopse: “Giselle Levy é uma meia-bruxa que vive isolada do mundo com o seu avô, escondida do olhar do rei. Cuidadosa e astuta, contudo, ainda assim, numa tentativa de sobreviver, foi apanhada e chantageada por um dos príncipes de Kendrad, Cristian, que promete não a entregar, se esta for trabalhar para o palácio. Num dilema, ela coloca em perigo a sua identidade e passa a trabalhar no palácio, onde terá de lidar com as constantes tentativas de sedução do príncipe Cristian, os misteriosos olhares de príncipe Eli, os encontros escondidos com o seu melhor e único amigo Rylan, e um rei desumano com segredos obscuros. Giselle vive numa constante incerteza e angústia de ser descoberta, amargurada pelo facto de não poder ser livre, encontra uma misteriosa sala, com um poderoso encantamento que poderá mudar tudo. Assertiva, inteligente e defensiva, irá deparar-se com uma escolha que mudará a sua vida e ideia de si própria, para sempre.”
Em Ponto Sem retorno, vamos conhecer a jovem Giselle Levy que mora em uma região bem afastada da cidade, junto de se avô. Giselle é meio bruxa e por conta disso, precisa viver escondida. Ela não pode trabalhar e não pode ser vista, pois sua energia forte, faria com que os guardas a sentissem e assim iria direto para a fogueira.

Não podendo conseguir dinheiro por meios legais, Giselle precisa furtar, pra tanto ela, quanto o avô terem o que comer. Em uma dessas tentativas de roubo, Giselle é vista por um dos príncipes de Kendrad, Cristian. Ela consegue fugir em seu cavalo, mas mesmo assim Cristian, consegue a capturar. Antes que os guardas cheguem para prender Giselle, Cristian faz uma proposta para ela. Ela não será presa se aceitar trabalhar no castelo, como cuidadora de seus cavalos, se caso não aceitar, será presa.

Giselle, com muito medo de ser percebida como meio bruxa, reluta. Pois no castelo as chances de ser reconhecida pelos guardas, é muito grande. Mas, ela pensa que pode fazer um feitiço para  disfarçar seus poderes e assim não ser reconhecida. Assim ela lança esse feitiço que foi deixado por sua mãe e consegue não ser notada como uma meio bruxa.

Tanto ela quanto seu avô vão para Kendrad, lá eles tem conforto, comida e cuidados. Mas, como nem tudo são flores, Giselle trabalha muito, faz de tudo um pouco. Vive cansada e não vê a hora de poder sair dali e continuar sua vida longe de tudo com seu avô.

Em um baile organizado pelo rei, Giselle é convidada por Cristian e nesse baile, ela vai ter sua vida totalmente transformada. Será que para o bem ou para o mal?

O livro termina aí. Vocês não tem noção do quão curiosa eu estou pela continuação. É uma leitura muito envolvente, você nem vê o tempo passar.

Os personagens foram muito bem construídos, e eu gostei muito da forma como a autora "costurou" as histórias dos personagens. Fiquei encantada com a relação da Giselle com seu avô. Gostei muito da língua afiada dela e de sua personalidade forte. Giselle é guerreira e luta a todo momento pelo que ela acredita, achei isso o máximo. 

Parabéns Gaby pela bela fantasia que criou e obrigada por ter me proporcionado essa leitura tão bacana. Aguardo a continuação muito ansiosa! ;)

Para quem gosta de livros de fantasia, com bruxas e um reino de príncipes e reis, leia, pois vale muito a pena!

Beijos,
Grazi

0 comentários:

Postar um comentário

Resenhas