[RESENHA] QUASE UM CONTO DE FADAS - DANIELLA MORENO

Título: Quase um Conto de Fadas [+18]
Autora: Daniella Moreno
Editora: Sonho de Livro
Páginas: 201
Ano da Publicação: 2016
Nota: 3/5

Sinopse: “Conheça Lilly! Uma garota tímida, sonhadora, moradora da cidade de Motuca no interior de São Paulo, que as vésperas de concretizar seu maior sonho – o de fazer o curso de Direito na Faculdade São Francisco em São Paulo – vê sua vida se transformar por completo e ficar de cabeça para baixo!
Sua mãe está doente, e por isso, se sente obrigada a assumir as responsabilidades do lar e deixar de lado planos e sonhos. Aos poucos, sem se dar conta, sai da adolescência para a vida adulta, tornando-se mulher, com a delicada tarefa de cuidar de seus pais. 
Sem amigos e muito comprometida com a família, não conhecia a má fama de Otávio – um sujeito sem caráter e de poucos escrúpulos – que se aproxima de Lilly com péssimas intenções. Ingenua e cheia de sonhos românticos, não percebe que as investidas de Otávio não são por sentimentos nobres e se apaixona… ele se torna a maior de suas decepções e o pior de seus pesadelos. 
O estado de Susan, mãe de Lilly, se agrava e um novo médico chega a cidade com a tarefa difícil de diagnosticar sua a doença. Este é Léo… médico que está realizando uma pesquisa de doutorado, e vê no caso, uma oportunidade de aprofundar seus estudos. 
Lilly e Léo se conhecem e a principio existe uma certa antipatia, que o convívio reverte em amizade e que se transforma em paixão! 
Descobrem um sentimento genuíno, intenso, capaz de curar feridas e dar esperanças para o futuro, porém, Otávio se mostra possessivo e bastante vingativo tornando a vida dos dois bastante conturbada.
Será que um amor tão jovem e recente é capaz superar tão sérios obstáculos? Será possível a cura da mãe de Lilly? Lilly poderá concretizar seus sonhos e viver um grande amor?
Venha conhecer esta estória de amor, que mesmo com tantos altos e baixos, pode ser: “Quase um Conto de Fadas”!”
O livro vai nos contar a história de Lilly, uma menina bem recatada, que nunca foi uma filha rebelde e sempre obedeceu aos pais. Prestes a  ingressar em uma universidade, a mãe de Lilly acaba ficando muito doente e ela se vê em um dilema muito grande. Abre mão do seu sonho de ir para São Paulo cursar advocacia ou fica na cidade de Mutuca e ajuda o pai a cuidar da mãe?

Lilly então resolve ficar e cuidar da sua mãe, pois não conseguiria seguir com sua vida em São Paulo com a mãe doente. E é aí que ela conhece Otávio, filho do patrão de seu pai, um jovem rico, bonito e que tem tudo que quer. Lilly sempre foi apaixonada por Otávio e quando ele resolve olhar para ela com outros olhos, quando ele a seduz, ela acha que enfim está sendo feliz.

O que acontece é que Otávio nada mais quer, que sua virgindade, ele acaba apostando a pureza de Lilly com seus amigos e é por isso que se faz de tão apaixonado por ela. Como ela é muito ingênua e apaixonada, acredita fielmente que Otávio está apaixonado e é aí que comete um grande erro, talvez o maior da sua vida, se entrega para ele.

Depois de ter conseguido o que queria Otávio muda completamente o comportamento com Lilly, não a procura mais e ela com a doença da mãe que acaba indo parar no hospital, acaba também não o procurando. Além do quê, Lilly se sente humilhada e totalmente despedaçada com a atitude de Otávio.

No hospital Lilly conhece Leo, o médico de sua mãe, que saiu de São Paulo para fazer sua pesquisa de doutorado. Leo vai parar em Mutuca justamente por conta da doença da mãe de Lilly, ele perdeu sua avó a qual ele considerava uma mãe, pois ela tinha Fibrose Cística, ele jurou que conseguiria achar a cura para essa doença. 

Claro que aí vamos ter um giro de 90º na vida de Lilly, pois Otávio não se conforma que ela não o tenha procurado e implorado que ficasse com ela, por conta disso ele vai fazer da vida de Lilly um inferno. Vendo tudo que está acontecendo Leo se prontifica a ajudá-la e além de uma bela amizade entre os dois, acaba surgindo também um lindo amor.

Gostei muito do livro que me trouxe suspiros, olhos marejados, aperto no peito, raiva, risos e aquela vontade imensa de ser amiga de Lilly. Para quem gosta de um bom romance, uma pitada de momentos hot e um bom drama, com certeza Quase um Conto de Fadas vai ser um livro pra ficar na memória.

Beijos,
Grazi

0 comentários:

Postar um comentário

Resenhas