[Resenha] Garoto Encontra Garoto - David Levithan



Sinopse: Nesta mais que uma comédia romântica, Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen, e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrarreligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola... E, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah!



Esse foi meu primeiro livro do autor. É um livro super fácil de ler, rápida e Davi escreve de um jeito tão leve que não tem como não se apaixonar pela história. Ainda estou com aquele sorriso bobo no rosto. Adoro quando termino um livro e vejo que ela só acrescentou algo na minha vida! ♥♥♥

"Ás vezes, a distância entre saber o que fazer e realmente fazer é uma caminhada bem curta. Outras vezes, é uma extensão impossível."

O livro tem como protagonista o jovem Paul, que desde pequeno soube que era diferente e que não teve problemas em assumir isso. Ele é um garoto que gosta de garotos, que tem uma melhor amiga que é uma quarterback drag-queen, um melhor amigo que não consegue assumir sua homossexualidade por causa da pressão dos pais, um ex-namorado confuso (e meio perseguidor), e uma nova paixão de tirar o fôlego. A narrativa começa como qualquer história tipicamente juvenil: amizades conflitantes, adolescentes tentando descobrir quem são, e o início de um romance encantador. Porém, com o passar das páginas o autor aprofunda a história, mostrando que mesmo o corajoso Paul tem seus medos, que não será fácil para ele assumir seus sentimentos mais profundos, e que ele precisará de muita força para entregar seu coração, ajudar seus amigos e, como consequência, amadurecer. E tenho que dizer que é muito gostoso acompanhá-lo nessa jornada de autodescoberta.


Um dos temas que sempre aparecem nos livros do Levithan é a descoberta da sexualidade por jovens. Em Garoto Encontra Garoto temos esse assunto tratado de forma abrangente, com normalidade e sem tender ao clichê. Ao colocar o protagonista inserido em um meio em que a homossexualidade é aceita e tratada com igualdade, o autor foge do lugar comum em livros do gênero, que tendem ao drama e à vitimização de personagens gays.

É muito interessante a maneira como o autor tratou a temática. Basicamente todos os estereótipos foram abordados: a descoberta do primeiro amor, a transsexualidade, o filho gay de pais extremamente religiosos, o preconceito velado e o explícito, entre outros. A sutileza e o detalhamento com que o autor aborda essas situações é um dos grandes pontos na narrativa. Percebe-se o domínio de conhecimento e a experiência que o autor tem em abordar tais assuntos em suas narrativas.

"Andamos pela cidade de mãos dadas. Se alguém repara, ninguém liga. Sei que todos gostamos de pensar no coração como o centro do corpo, mas, nesse momento, cada parte consciente de mim está na mão que ele segura."



Foi meu primeiro livro do David e com certeza não será o último. Dei boas risadas, fiquei tensa e feliz à cada página que virava. Foi uma surpresa agradável para mim. A mensagem que tem por trás dessa história não pode jamais passar despercebida. O autor consegue nos transmitir a verdadeira essência da história através do bom-humor e isso é bacana. Para mim não soou superficial em nenhum momento, desde a primeira até a última página, ficou claro que Levitahn queria uma história de reflexão social e foi o que conseguiu, pelo menos comigo.

É uma leitura divertida e que mesmo assim consegue ensinar. Acho que é exatamente esse o talento do autor, quebrar tabus. Recomendo esse livro de olhos fechados e não deixem de captar a verdadeira mensagem que ele passa! ;)

Título: Garoto Encontra Garoto// Autor: David Levitahn// Editora: Galera Record// Páginas: 240// Minha Classificação: 4/5

0 comentários:

Postar um comentário

Resenhas