[Resenha] Para Onde Ela Foi - Gayle Forman

Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado.
Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.

Confesso que esperava mais de Se eu ficar (resenha aqui), como me decepcionei um pouco, achei que Para Onde Ela Foi, não ficaria para trás. Mia (vamos falar a verdade), é bem chatinha, bem cheia de não me toques e tal. E para mim, Adam não ficaria para trás em sua narrativa no segundo livro. Sabe o que foi bom? Saber que me enganei e Para onde ela foi conseguiu me surpreender.

''Quando se fala em sentimentos, você nunca sabe realmente como a ausência de uma pessoa vai afetar mais do que a de outra." 

Depois de sofrer um terrível acidente de carro que matou toda sua família e ficar em coma, Mia que está fora de seu corpo e vê tudo o que acontece ao seu redor, tem uma grande decisão a tomar, ficar ou partir. 

Como Se eu ficar tem uma continuação, acho que fica meio óbvio que Mia fica, e essa decisão só é tomada, após seu namorado Adam implorar para que ela ficasse, o que para todos nós é surpreendente, é que Mia e Adam, terminam o namoro, isso mesmo leitores, depois de tudo o que aconteceu, Mia simplesmente vai embora para Juilliard, a conceituosa escola de música e sem mais nenhuma explicação, Adam fica a ver navios.

Três anos se passaram, Adam, é um astro do rock de Los Angeles, super famoso, com uma namorada também super famosa. Mia se torna um grande talento da música clássica. Ambos vivendo em lados opostos e sabendo da vida um do outro apenas por revistas e jornais, o que Adam não faz muita questão de ler.


Um dia, depois de uma entrevista desastrosa, Adam decide andar sozinho por Nova York, o que ele não esperava é que nessa noite ele e Mia, finalmente ficariam cara a cara. Por uma noite, o casal passa por uma verdadeira DR e é aí que Mia resolve confessar o porque de ter abandonado Adam, mesmo o amando.

“Acabei percebendo que há uma grande diferença entre saber que algo aconteceu e saber por que aconteceu, e acreditar nisso. Porque, quando ela cortou o contato, sim, eu sabia que havia acontecido. Mas levei um longo, longo tempo para acreditar.

Em alguns dias, eu ainda não acredito.”

Para onde ela foi, conseguiu me envolver de uma forma bem bacana. Adam conseguiu me prender, sua narrativa ao contrário de Mia, não deixou a desejar. No começo da leitura, a cada página, meu ódio por Mia só crescia, cada vez mais tinha pena de Adam. Quando Mia finalmente conta tudo o que aconteceu e porque toda a raiva dela por Adam, eu consegui entender muito o que se passou com ela e sim, meu ódio passou (rsrsrs), consegui enxergá-la com outros olhos.

Se essa continuação também virar filme, com certeza estarei na primeira fileira, quero muito ver. Se alguém aqui acredita em amor verdadeiro, amor acima de todas as coisas, com certeza Para onde ela foi não vai deixar a desejar.


Título Para onde ela foi// Autora Gayle Forman// Editora Novo Conceito// Páginas 240// Minha Classificação 5/5

0 comentários:

Postar um comentário

Resenhas