[Resenha] A garota que você deixou para trás - Jojo Moyes


No começo do ano passado li "Como eu era antes de você" e confesso, me apaixonei, foi um livro que não consegui largar e uma história que me marcou muito, quando me lembro do livro, ainda sinto aquele vazio, algo que não sei explicar. Então, em Março do ano passado no meu aniversário, meu marido me presenteou com "A garota que você deixou para trás", fiquei muito feliz, porque Jojo Moyes consegui me fazer amar ainda mais romances, conseguiu me prender e parar de respirar a cada página, então quando ganhei "A garota", achei que aquele vazio que  o primeiro tinha feito iria se preencher. Mero engano... 


Sophie é casada e tinha uma vida muito agradável na França pré-guerra, mas tudo o que tem agora são sobrinhos subnutridas, a esperança de encontrar seu marido vivo, voltando do campo de batalha e um quadro pintado por ele, chamado A Garota que você deixou para trás, que retrata a Sophie confiante e apaixonada de tempos atrás, da qual ela quase não se lembra. Em 2006, A Garota que você deixou para trás está na parede da casa de Liv e foi um presente dado pelo seu marido pouco antes dele morrer. Liv adora o quadro e passa horas olhando para aquela mulher destemida e imaginando como seria a vida dela. Mal sabe ela que sua vida vai virar de cabeça para baixo depois que ela descobrir o valor daquele quadro e a verdadeira história por trás dele.   


O livro é contado em dois períodos, no ano de 1916, narrado em primeira pessoa, por Sophie, e em 2006, narrado em terceira pessoa. A princípio, esse vai e vem de épocas parece confuso e é difícil se apegar aos nomes dos personagens, mas logo a leitura começa a fluir e você se vê envolvida com tudo aquilo, tentando descobrir o que esses dois períodos têm em comum. O período de 1916 é muito mais emocionante, com as angustias, medos e incertezas da Sophie, você sente que o amor que ela tem pelo marido é uma coisa pura e verdadeira e é possível se colocar no lugar dela muitas vezes e torcer para que tudo dê certo. Já o período de 2006, é um pouco menos atraente e demora mais para a gente simpatizar com a Liv. Ela também tem um relacionamento, mas ao contrário de Sophie, é superficial e não mostra muita verdade. Aos pouquinhos, Liv vai nos conquistando e se mostrando muito mais humana e persistente. Resumindo, uma história fascinante, emocionante e envolvente. Vale muito a pena! Super recomendo para quem quer uma história bonita.


Título A garota que você deixou para trás// Autora Jojo Moyes// Páginas 384// Editora Intrínseca// Minha Classificação 5/5

1 comentários:

Resenhas